Quarta-feira, 22 de Outubro de 2008

Acidente na Linha do Tua continua sem explicação

 

O prazo dado pelo Ministério das Obras Públicas e Transportes à Comissão termina esta quarta-feira.

 

Dois meses depois, e passado um mês sobre o prazo dado inicialmente pelo ministro das Obras Públicas, a edição desta quarta-feira do Jornal de Notícias, refere que ainda não há uma explicação sobre o que esteve na origem do último acidente na Linha do Tua.

Apesar das reservas, a causa mais provável continua a ser o abatimento da linha.

A CP continua a garantir que a automotora acidentada estava em perfeitas condições e tinha sido vistoriada no dia anterior ao incidente.

O JN diz que é intenção da Comissão de Inquérito pedir mais um mês ao ministro Mário Lino para a apresentação do relatório final sobre o acidente, que no dia 22 de Agosto matou uma pessoa e feriu outras sete.

 

 

Fonte

tags: ,

publicado por brunomiguelqueiros às 14:38
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Setembro de 2008

Linha do Tua finalmente com sinal rádio

O vale do Tua já tem melhores comunicações. Foi instalado no alto do Freixo, em Alijó, um repetidor de sinal rádio. Em caso de sinistro na linha ferroviária ou no próprio rio, os meios de socorro têm as operações facilitadas.

 

O equipamento foi instalado pelo Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil numa torre supostamente abandonada no monte do Freixo e que era propriedade da Rádio Capital. O vice-presidente da Câmara de Alijó e responsável municipal da Protecção Civil, Adérito Figueira, justifica o repetidor rádio com a "ausência de qualquer sinal deste meio de comunicação abaixo dos 800 metros de altitude".

 

Nos últimos dias, o comandante dos Bombeiros de Alijó, António Fontinha, percorreu vários locais do vale do Tua, tanto no seu concelho como no de Carrazeda, para testar as comunicações nos pontos que entendeu serem o mais críticos. "Conseguimos sinal rádio em todas as estradas nacionais e municipais, no vale do Tua, e mesmo no vale do Douro, até à Régua", resumiu o responsável.

 

Quer isto dizer que se o repetidor tivesse sido instalado há dois anos, teria havido a possibilidade de "envolver os meios necessários e não os que se achava que deveriam ir para o local", em todos os acidentes registados na linha do Tua desde Fevereiro de 2007. De resto, em todos eles houve sempre problemas de comunicação, tanto via rádio como por telemóvel. A melhoria das condições de socorro acontece numa altura em que o Metro de Mirandela não circula entre o Cachão e o Tua, devido ao acidente do passado dia 22, perto da Brunheda, que provocou um morto e mais de 40 feridos. Fontinha admite que o aparelho já podia estar a funcionar há mais tempo, mas suaviza a questão referindo que "não se sabia que o local pudesse ser tão bom" para este efeito.

 

Adérito Figueira admite que a ocupação das instalações e da antena que pertenceram à Rádio Capital até poderá levantar alguns problemas à Câmara, mas, alega, "foi feito por uma boa causa" e por "não saber a quem se dirigir", uma vez que as estruturas estavam abandonadas. O autarca ressalva, porém, que a autarquia está "aberta à negociação para legalizar a situação" desde que apareçam os proprietários.

 

Eduardo Pinto

 

Fonte

tags: ,

publicado por brunomiguelqueiros às 23:46
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008

Linha do Tua: Descarrilamento provoca 1 morto e 43 feridos

 

 "Um morto e 43 feridos é o resultado de um acidente, esta sexta-feira, na linha ferroviária do TUA, em Trás-os-Montes. Dos 47 passageiros, 43 ficaram feridos, dois dos quais estão em estado grave. A automotora fazia a ligação Mirandela-TUA e descarrilou a cerca de 1KM da estação da Brunheda, em Carrazeda de Ansiães. 

 

Na linha do TUA, este é já o quarto acidente no espaço de um ano e meio. Na segunda viagem do dia, em direcção ao TUA, a carruagem saiu de Mirandela às 9:40. Mas a um quilómetro da estação de Brunheda, a composição descarrilou e tombou para a esquerda, do lado oposto ao rio. Nos momentos que antecederam o acidente, os passageiros terão ouvido um estrondo, no eixo da frente, semelhante ao de uma explosão.

 

Alguns passageiros conseguiram sair pelo próprio pé do local do acidente e caminharam a pé até à estação mais próxima, de onde telefonaram a pedir ajuda. Um dos passageiros morreu logo no local. A vítima é uma mulher de 47 anos, natural de Vimioso e residente em Porto de Mós. A vítima mortal fazia a viagem como turista. Entre os 43 feridos estava uma criança que foi operada no Hospital de Mirandela.

 

Para a operação de socorro foram destacados dois helicópteros, um da Protecção Civil e outro do INEM, 40 viaturas de emergência, dezenas de bombeiros e uma psicóloga.

A linha vai ficar encerrada nos próximos tempos. O metro circula apenas entre Mirandela e Cachão." 

 

Notícia TVI

 


publicado por brunomiguelqueiros às 21:11
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Acidente na Linha do Tua ...

. Linha do Tua finalmente c...

. Linha do Tua: Descarrilam...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.número visitas

.utilizadores ligados

Utilizadores ligados

.Geekness

71% Geek 71% Free Florida Personals

.GoogleTalk

.De onde eles são

IP Geotargeting