Terça-feira, 9 de Setembro de 2008

Linha do Tua finalmente com sinal rádio

O vale do Tua já tem melhores comunicações. Foi instalado no alto do Freixo, em Alijó, um repetidor de sinal rádio. Em caso de sinistro na linha ferroviária ou no próprio rio, os meios de socorro têm as operações facilitadas.

 

O equipamento foi instalado pelo Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil numa torre supostamente abandonada no monte do Freixo e que era propriedade da Rádio Capital. O vice-presidente da Câmara de Alijó e responsável municipal da Protecção Civil, Adérito Figueira, justifica o repetidor rádio com a "ausência de qualquer sinal deste meio de comunicação abaixo dos 800 metros de altitude".

 

Nos últimos dias, o comandante dos Bombeiros de Alijó, António Fontinha, percorreu vários locais do vale do Tua, tanto no seu concelho como no de Carrazeda, para testar as comunicações nos pontos que entendeu serem o mais críticos. "Conseguimos sinal rádio em todas as estradas nacionais e municipais, no vale do Tua, e mesmo no vale do Douro, até à Régua", resumiu o responsável.

 

Quer isto dizer que se o repetidor tivesse sido instalado há dois anos, teria havido a possibilidade de "envolver os meios necessários e não os que se achava que deveriam ir para o local", em todos os acidentes registados na linha do Tua desde Fevereiro de 2007. De resto, em todos eles houve sempre problemas de comunicação, tanto via rádio como por telemóvel. A melhoria das condições de socorro acontece numa altura em que o Metro de Mirandela não circula entre o Cachão e o Tua, devido ao acidente do passado dia 22, perto da Brunheda, que provocou um morto e mais de 40 feridos. Fontinha admite que o aparelho já podia estar a funcionar há mais tempo, mas suaviza a questão referindo que "não se sabia que o local pudesse ser tão bom" para este efeito.

 

Adérito Figueira admite que a ocupação das instalações e da antena que pertenceram à Rádio Capital até poderá levantar alguns problemas à Câmara, mas, alega, "foi feito por uma boa causa" e por "não saber a quem se dirigir", uma vez que as estruturas estavam abandonadas. O autarca ressalva, porém, que a autarquia está "aberta à negociação para legalizar a situação" desde que apareçam os proprietários.

 

Eduardo Pinto

 

Fonte

tags: ,

publicado por brunomiguelqueiros às 23:46
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Resposta a Maite Proenca

. We can a portuguesa!

. Alvo completo - Sabrosa

. Ora venha de lá esse voti...

. Slackware -Current e o no...

. Tornar Kde 4.X.X mais ráp...

. Frases

. Funcionamento do Google S...

. Momento Zen do dia

. Gnome 3

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.número visitas

.utilizadores ligados

Utilizadores ligados

.Geekness

71% Geek 71% Free Florida Personals

.GoogleTalk

.De onde eles são

IP Geotargeting