Terça-feira, 22 de Julho de 2008

A Quinta da discórdia

 

Nos últimos dias temos assistido a uma verdadeira "novela" da vida real, com a situação da Quinta da Fonte.

Ainda bem que isto aconteceu, pois deu para ver realmente o estado a que este país chegou, mais parece uma verdadeira republica das bananas!

 

Temos imigrantes, ciganos e o diabo a quatro, vêm para Portugal, levantam 4 tábuas e chamam-lhe de casa, passado algum tempo são destruídas mas logo se revoltam, e vêm fazer um circo para as Tv's que devoram isso como se não houvesse amanhã. Fazem o choradinho, ganham uma casa, com rendas de 3 e 4 euros, como se não chegasse, recebem rendimentos mínimos para passarem o dia nos cafés a mamarem imperiais e a fumar o seu cigarrinho, nas casas não falta o plasma, as tvs, os dvds e a playstation dos miudos, não pagam impostos, não trabalham, têm acesso a educação e a assistência social de borla, comportam-se como gangsters, empunhando armas transformando o nosso país num verdadeiro faroeste, e o que lhes acontece? Nada... apesar de poderem ser facilmente identificados, como nós vimos pelas imagens televisivas, como se não chegasse convocam manifestações ameaçando o Governo, e exigindo novas casas, mas estamos aonde? A que ponto é que este país chegou para tal barbaries acontecerem?

 

Razão tem o Mário Crespo no seu artido de opinião publicado no JN, Limpeza étnica:

 

..."Não é o sistema em Portugal que marginaliza comunidades. O sistema é que se tem vindo a alhear da realidade e da decência e agora é confrontado por elas em plena rua com manifestações de índole intoleravelmente racista e saraivadas de balas de grande calibre disparadas com impunidade."...

 

 

Que outra coisa seria de esperar deste governo socialista, senão estes verdadeiros casos de chulisse? Que fazer para resolver esta situação? Obrigá-los a trabalhar, e a merecer todas essas regalias, seria um primeiro passo, se bem que derradeira solução seria acabar de vez com esses subsídios (existe já uma petição on-line para este efeito), e depois apenas atribuí-los a quem realmente merece, pessoas inválidas, doentes ou incapacitadas de trabalhar, esses sim merecem ajuda, não o mandicante ou chico-esperto.

 

Qual é a mensagem que se passa à geração seguinte, quais os valores que se criam e passam? "Não trabalhes, não vale a pena, estende a mão que alguém te ajudará..."

Enquanto isso, quem realmente trabalha, paga os impostos, vê-se todos os dias confrontado com as contas para pagar, para cumprir as suas obrigações para com a sociedade, que ajudas têm essas pessoas? Que regalias pelo seu esforço e trabalho? Quantos anos terão de trabalhar para poderem ter uma casa, ou será que alguma vez a terão?

 

Ainda assim, temos que agradecer a este governo socialista, que cada vez redefinem conceitos já apreendidos e que pensavamos estarem correctos, como já foi com a saúde ou com a educação, mas agora, até o próprio conceito de socalismo foi alterado, passámos de um sistema sócio-político caracterizado pela apropriação dos meios de produção pela coletividade, para um sistema onde se utiliza o dinheiro dos impostos para comprar votos e dar empregos a muitos boys e girls da assistência social.


publicado por brunomiguelqueiros às 23:58
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Zé da Burra o Alentejano a 23 de Julho de 2008 às 11:37
Devemos evitar a referência a etnias, raças, nacionalidades, cor da pele sob pena de podermos ser apelidados de racistas ou xenófobos. Mas isso não quer dizer que haja a chamada "discriminação positiva" que desresponsabiliza e desculpabiliza os actos criminosos.

Uma lei muito simples poderia ser implementada, e que NEM SEQUER PODERIA SER CONOTADA COM QUALQUER TIPO DE DISCRIMINAÇÃO RACISTA OU XENÓFOBA: Porque não cria este Governo uma lei que expulse automaticamente dos bairros sociais todos os indivíduos condenados por certo tipo de crimes, como: por tráfico de droga, de armas, assalto à mão armada? O vandalismo contra o património também deveria ser um motivo para expulsão?

A medida serviria simultaneamente para melhorar o ambiente dos bairros sociais e reduzir o crime em geral: dentro e fora dos bairros. É indigno que algumas pessoas já recebam a nossa solidariedade e depois se portem como muitas vezes todos nós constatamos.

Há muita gente honesta e trabalhadora nos bairros sociais que estão neste momento "reféns" dos bandos e grupos de criminosos (não importa referir a etnia ou raça).

Quando acontece o crime no bairro ninguém sabe de nada; ninguém viu nada. Sabem porquê? falta de solidariedade? Não! É medo, medo de represálias a que ficam sujeitos se "bufarem" (termo usado pelos criminosos para o acto de testemunhar).

Os criminosos não devem ser premiados com uma habitação social; quanto muito uma cela seria o "prémio".

Zé da Burra o Alentejano


De brunomiguelqueiros a 23 de Julho de 2008 às 15:02
Hoje um dia o politicamente incorrecto assumiu proporções irrisórias, se há um branco a afirmar que gosta de ser branco e tem orgulho nisso, logo aparecem de todo o lado os comentários de racista e xenofobo, mas se for um preto, é logo aplaudido por tal atitude.
Não vejo mal em gostar da propria raça seja ela qual for, ou ser nacionalista.
Quanto à sua ideia, já há muito tempo que partilho dela, é o que eu chamo de Imigração Útil: um indivíduo que venha para o nosso país, é vigiado de cerca, ao mínimo problema que tenha com a lei, é repatriado para o seu país de origem, agora, se não tiver problemas com a lei, trabalhar, pagar impostos, e contribuir de uma maneira útil e construtiva para a sociedade portuguesa, aí sím, poderá ser ajudado, caso contrário, guia de marcha.
E não pensem que isto é uma atitude racista, ou xenofoba, outros países já o fazem, veja-se o Canadá, basta o incumprimento da lei ou não pagarem impostos, para serem deportados.

Realmente os criminosos, não devem ser premiados, mas sim condenados, o problema é que os maiores criminosos do país premeiam-se uns aos outros, com empregos e demais benesses.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Resposta a Maite Proenca

. We can a portuguesa!

. Alvo completo - Sabrosa

. Ora venha de lá esse voti...

. Slackware -Current e o no...

. Tornar Kde 4.X.X mais ráp...

. Frases

. Funcionamento do Google S...

. Momento Zen do dia

. Gnome 3

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.número visitas

.utilizadores ligados

Utilizadores ligados

.Geekness

71% Geek 71% Free Florida Personals

.GoogleTalk

.De onde eles são

IP Geotargeting