Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

Durex à procura de voluntários

A empresa de preservativos Durex está à procura de voluntários que testem os seus produtos, e depois digam o que acham deles.

Acho uma iniciativa bastante interessante, mas não dizem se a companheira vem incluída na oferta...


publicado por brunomiguelqueiros às 22:53
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 28 de Outubro de 2007

O segredo da paternidade

A barriga do padre crescia cada vez mais e o caso tornava-se preocupante. O seu médico optou então por submetê-lo a uma pequena intervenção cirúrgica. Felizmente a operação revelou não ser nada de grave: mera acumulação de líquidos. Porém, quando o padre estava quase a recobrar a consciência, dois jovens estudantes de medicina que haviam acompanhado a operação resolveram colocar ao seu lado na cama um bebé recém-nascido.

Quando o padre abriu os olhos ficou surpreso ao ver a criança. Os estudantes disseram-lhe então, contendo o riso, que era um menino e que a cesariana tinha corrido bem. Para seu espanto, o padre olhou para a criança e abraçou-a com uma ternura verdadeiramente maternal. Como se tratava de um bebé de uma mãe solteira que morrera durante o parto, os estudantes acharam que, com a sua brincadeira, tinham afinal encontrado um lar para a criança. O Hospital concordou por isso em entregar a criança ao padre.


O rapazinho cresceu na suposição de ser adoptado. Quando por fim fez dezoito anos o padre chamou-o e disse-lhe:
- Meu filho, tenho um segredo terrível para te contar mas tenho medo que fiques chocado.
Suspeitando que iria ouvir a verdade sobre a sua paternidade, o rapaz exclamou:
- Já sei. O senhor vai dizer-me que é o meu pai...
- Não, retorquiu o padre. Eu sou a tua mãe! O teu pai é o Bispo de Leiria...


 

Retirado de : http://blog.uncovering.org/archives/2007/10/o_segredo_da_pa.html


publicado por brunomiguelqueiros às 19:27
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

O maldito do Spam



Toda gente que tem um endereço de email, já recebeu de certeza emails indesejados. Eles são bilhetes da lotaria (em que nós não jogamos), contas do Hotmail que vão acabar, problemas com a conta do Paypal (que muitos de nós nem tem), pedidos de ajuda para aquele menina tuberculosa ou qualquer coisa do género, mas os que eu mais gosto são mesmo as cartas corrente, aquele tipo de email que se nós não reenviarmos para 500 pessoas, algo de mau nos vai acontecer.


A última carta que recebi é a dos signos, como é tão estúpido até chega a ser engraçado. A coisa começa logo a descambar no título do email : Re: FW: Para quem acredita ou não... Confiram... OS SIGNOS, aqui o que salta à vista é mesmo o facto que este email é para quem acredita e para quem não acredita, ou seja, é para toda a gente.


Depois de abrir este e-mail, não há retorno.


Quer dizer, quem chegou a este ponto já abriu o email, pelo que este aviso é tão útil e necessário como um ar condicionado num iglo.


se tentar ignorar ou mudar isto a primeira coisa que você   notará será tendo um dia horrível que começa amanhã de manhã - e só obtém pior a partir daí.


É mesmo mau isto, caso não o reenvie, por artes mágicas, alguns destes emails vão-me mesmo estragar o dia, talvez seja como o filme The Ring, onde após o visionamento do filme se recebe um telefonema, talvez aqui seja o Sócrates a ligar-me .... Que medo... Mesmo assim vou arriscar, não vou enviar.. Se por acaso deixar de postar é porque o email funciona mesmo...


E como este há muitos... Para quem quiser diminuir o volume de spam, há algumas coisas que se podem fazer :


1º Nunca responder ou reencaminhar este tipo de emails


2º Nunca colocar o nosso email em sites ou listas de distribuição


3º Utilizar programas de email, que façam uma filtragem de todo o email e classifiquem os vários emails, programas como Outlook Express, Mozilla Thunderbird, ou mesmo antivirus como o Kaspersky, AVG e outros.


publicado por brunomiguelqueiros às 22:28
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

O dinheiro é como o Cristiano Ronaldo...

Tanto um como o outro dão para comprar umas belas de umas prostitutas




publicado por brunomiguelqueiros às 17:59
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Saiu o novo Ubuntu 7.10



Saiu hoje (18-10) uma nova versão do Ubuntu, é a 7.10 chamada de Gutsy Gibbon.
"Ubuntu" é uma antiga palavra Africana, cujo significado é "humanidade para todos", para mim quer dizer "Eu não consigo instalar o Debian", é o que eu gosto de chamar o Windows do Linux.

Não me levem a mal, Debian sim, agora Ubuntu? Querem facilitar tanto as coisas que depois acabam com users "preguiçosos" assim do tipo "à lá Windows", então se pudessemos classificar as distribuições pelo tipo de utilizadores que elas têm como classificar dúvidas destas:

"Alguém sabe como é que se activa o cubo?"

Não saber como instalar o compiz (ou compiz-fusion) é uma coisa, agora nem o nome sabem?

"Ja instalei o gutsy final, mas agora gostava de saber onde é que andam os míticos plugins...! Como se instalam? Como é que se gerem (não há um compiz manager)? Nem consigo girar o cubo..."

Será que é preciso um manager para tudo? Mais um com o cubo, será que sabem que o cubo não é exclusivo do Ubuntu?

"Mas tive a ver e agora tem muito menos programas que antes. Não aparecem o opera, azureus, entre muitos outros. Qual o motivo para isto?!?"

Pois..  E que tal apt-get install azureus ou opera? É assim tão díficil?

"Bom, este é o primeiro Ubuntu que me detecta e configura a parte wireless da rede interna automaticamente (um problema crítico que sempre existiu nesta distro)."

O problema critico está na interface entre o monitor e a cadeira.


"para alem disso nao tenho o login splash - só me apareceu da primeira vez que corri o Gusty depois desapareceu.. alguém o viu por aí?? "

Acho que foi saiu para fumar um cigarro, bem um fartote de rir.


Agora algumas dúvidas dos utilizadores do Archlinux por exemplo:

"nstalei o archlinux.

Ja consegui configurar a "net" saquei o FluxBox, so que nao consigo configura-lo. Acho que tem a haver com o locale. Diz que nao encontra pt_PT. Nem en_US. e que vai usar a 'C'
Ja instalei o Xorg, e configurei com o hwd."

"Alguem pode-me ajudar? tenho tudo instalado, alterei o /etc/inittab para runlevel 5, mas nao arranca o fluxbox"

"bom, já vem um tempo que eu estou tentano instalar o Beryl em uma ATI Radeon 9600PRO 256mb DDR..
Já tentei com os drivers fglrx, do driver da ATI, nao consegui..
Com ATI, RADEON, do opensource, e nunca tive sucesso..
O maximo que eu consegui, ele girava cubo, tinha efeito e talz..
Mas a imagem se distorcia.."

Por aqui já se instala o cubo...

Distros diferentes geram utilizadores diferentes, nada de novo. Mas é como alguém uma vez disse :

"Tratem os utilizadores como estúpidos e é nisso que eles se tornarão"



Mesmo assim, deixo aqui o  link para fazerem o download (tráfego nacional)

Ubuntu 7.10 Versão DVD

Ubuntu 7.10 Versão CD

Alguns fóruns de ajuda

Página Oficial Ubuntu

Guia Ubuntu-PT

Ubuntu PT

Ubuntu no sapo

publicado por brunomiguelqueiros às 19:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Música de coro em Alijó

Na passada 3ª feira (16-10) Alijó foi presenteada com uma actuação de um grupo coral dinamarquês.
11 homens e 15 mulheres cantaram em dinamarquês, algumas músicas tradicionais daquele país. O evento ocorreu no Auditório Municipal registando apenas meia casa, apesar da entrada ser gratuita.

Quanto ao espectáculo quem viu gostou, e quanto a mim, se me perguntarem o que achei, respondo o mesmo que as velhotas no final do sermão da missa de domingo:

"O que ele disse não percebi, mas que era bonito lá isso era!"

publicado por brunomiguelqueiros às 13:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 13 de Outubro de 2007

O país dos 3 F



Há tempos atrás dizia-se que Portugal era o país dos 3 F, Fátima, Fado e Futebol. Hoje em dia e após a morte de Amália, o Fado caiu no esquecimento, mas Fátima e Futebol, continuam a dar que falar e a ocupar dias inteiros de emissões televisivas.
Neste fim de semana (12 e 13 de Outubro), foram as comemorações dos 90 anos das aparições da Cova da Iria, o que veio ter como ponto alto a inauguração, da Igreja da Santíssima Trindade.

Esta Igreja, inicialmente prevista em 40 milhões de euros, veio finalmente custar o dobro ou seja 80 milhões de euros, saídos totalmente do dinheiro oferecido pelos peregrinos, e ainda mais 10 milhões que o Santuário irá doar para o túnel rodoviário adjacente e que será tutelado pela Estradas de Portugal.

Uma Igreja, com capacidade para 9.000 pessoas sentadas, com 13 portas e que é a quarta maior do mundo.

Tanto dinheiro, luxo e ostentação que serve não só para mostrar a megalomania da Igreja portuguesa mas também como a sua hipocrisia. Com tantos sem abrigo, pobres, toxicodependentes, pessoas a passar a fome que todos os dias vemos nas ruas das grandes cidades com a mão de fora, sem saber se irão ter alguma coisa para comer, com tantas pessoas para ajudar e deitar a mão, prefere-se gastar dinheiro em obras luxuosas.

Finalmente deixo uma palavra para todos os padres, bispos, cardeais e demais membros da Igreja e do Clero:

O verdadeiro Cristianismo e Religião está em ajudar o próximo e quem mais precisa, quer seja com uma refeição, roupas ou apenas uma palavra amiga, não em esbanjar dinheiro, luxo e ostentação, lembram-se de alguém que uma vez disse algo do género:

"É mais fácil um camelo passar por um buraco de uma agulha que um homem rico entrar no Reino dos Céus".

publicado por brunomiguelqueiros às 20:24
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

Volta ao passado

A televisão volta mais uma vez a falar de Alijó, e para não variar por motivos menos bons.
Alguns casos confirmados de tuberculose na Escola Básica/Secundária, foram o suficiente para espalhar a apreensão entre alunos e pais.
Apesar das declarações dos responsáveis pela saúde pública, que vêm garantir que não há caso para alarme ou para se suspeitar de um surto, a verdade é que desde Março que os casos de tuberculose têm vindo a aumentar.
Para já a escola não vai fechar e um rastreio já está a ser feito, esperemos que tudo corra bem e que não haja mais casos, algumas informações sobre esta doença ficam aqui disponíveis a quem interessar.


" A tuberculose - também chamada em português de tísica pulmonar ou "doença do peito" - é uma das doenças infecciosas documentadas desde mais longa data e que continua a afligir a Humanidade nos dias atuais. Estima-se que sua bactéria causadora tenha evoluído há 15.000 ou 20.000 anos, a partir de outras bactérias do género Mycobacterium.

A tuberculose é considerada uma doença socialmente determinada, pois sua ocorrência está diretamente associada à forma como se organizam os processos de produção e de reprodução social, assim como à implementação de políticas de controle da doença. Os processos de produção e reprodução, está diretamente relacionado ao modo de viver e trabalhar do indivíduo.


Sintomas

  • Tosse (por mais de 15 dias)
  • Febre (mais comumente ao entardecer)
  • Suores noturnos
  • Falta de apetite
  • Emagrecimento
  • Cansaço fácil

Tratamento

Pessoas com infecção de TB (classes 2 ou 4), mas que não têm a doença (como nas classes 3 ou 5), não espalham a infecção para outras pessoas. A infecção por TB numa pessoa que não tem a doença não é considerada um caso de TB e normalmente é relatada como uma infecção latente de TB. Esta distinção é importante porque as opções de tratamento são diferentes para quem tem a infecção latente e para quem tem a doença ativa.

Tratamento de infecção latente de tuberculose

O tratamento da infecção latente é essencial para o controle e eliminação da TB, pela redução do risco de a infecção vir a tornar-se doença ativa.

Avaliação para descartar TB ativa é necessária antes que um tratamento para tuberculose latente seja iniciado.

Candidatos ao tratamento de tuberculose latente são aqueles grupos de muito alto risco, com reação positiva à tuberculina de 5 mm ou mais, assim como aqueles grupos de alto risco com reações cutâneas de 10 mm ou mais. Veja em inglês na Wikipédia,classification of tuberculin reaction.

Há vários tipos de tratamento disponíveis, a critério médico.

Contatos próximos

Contatos próximos são aqueles que dividem a mesma habitação ou outros ambientes fechados. Aqueles com riscos maiores são as crianças com idade inferior a 4 anos, pessoas imuno-deprimidas e outros que possam desenvolver a TB logo após uma infecção. Contatos próximos que tenham tido uma reação negativa ao teste de tuberculina (menos de 5 mm) devem ser novamente testados 10 a 12 semanas após sua última exposição à TB. O tratamento da tuberculose latente pode ser descontinuado a critério médico.

Crianças e adolescentes

Crianças com menos de 4 anos de idade têm grande risco de progressão de uma infecção para a doença, e de desenvolverem formas de TB potencialmente fatais. Estes contatos próximos normalmente devem receber tratamento para tuberculose latente mesmo quando não os testes de tuberculina ou o raio-x do tórax não sugere TB.

Um segundo teste de tuberculina normalmente é feito de 10 a 12 semanas após a última exposição à TB infecciosa, para que se decida se o tratamento será descontinuado ou não.

Turbeculose primaria

Tratamento de tuberculose ativa

Os tratamentos recentes para a tuberculose ativa incluem uma combinação de drogas, às vezes num total de quatro, que são reduzidas após certo tempo, a critério médico. E por que várias drogas e não uma só? Porque se for usada apenas uma, todas as bactérias sensíveis à droga morrem, e, três meses depois, o paciente sofrerá infecção de bactérias que conseguiram resistir à primeira droga. Alguns medicamentos matam a bactéria, outros agem contra a bactéria infiltrada em células, e outros, ainda, impedem a sua multiplicação. Ressalte-se que o tratamento deve seguir uma continuidade com acompanhamento médico, e não suspenso pelo paciente após uma simples melhora. Com isto evita-se que cepas da bactéria mais resistentes sobrevivam no organismo, e retornem posteriormente com uma infecção mais difícil de curar.

Prevenção

A imunização com vacina BCG dá entre 50% a 80% de resistência à doença. Em áreas tropicais onde a incidência de mycobactérias atípicas é elevada (a exposição a algumas "mycobacteria" não transmissoras de tuberculose dá alguma proteção contra a TB), a eficácia da BCG é bem menor. No Reino Unido, crianças entre os 10 e os 14 anos são normalmente vacinadas durante o período escolar.  " *


 

* retirado de http://pt.wikipedia.org/wiki/Tuberculose


 


publicado por brunomiguelqueiros às 17:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

Lagaradas em Celeirós do Douro

No dia 23 de Setembro, realizaram-se em Celeirós do Douro as já tradicionais lagaradas.

As lagaradas ou festas da vindima, é uma tradição em que após a recolha das uvas das videiras, se faz uma festa, e onde as pessoas se dirigem aos lagares para pisarem as uvas, fazendo desta maneira o vinho.

Enquanto se pisa o vinho, as pessoas cantam e dançam, celebrando desta forma o final de um ano vinícula.

Esta tradição com o passar dos tempos e com a modernização dos processos envolvidos na obtenção do vinho tem vindo a cair em desuso, pois nos dias de hoje uma grande parte dos agricultores entregam as suas uvas a adegas, cooperativas ou a privados.

A Junta de Freguesia de Celeirós juntamente com a Camâra de Sabrosa e mais algumas entidades privadas, têm feito renascer esta tradição, que para além do pisar de uvas, junta ainda animação de rua, pequenas barracas com produtos regionais e ainda visitas às caves da Sandeman.

Há também um pequeno cortejo etnográfico onde participam os habitantes de Celeirós e ainda bandas de música de outras localidades.

Aqui ficam algumas fotos das lagaradas deste ano.

Barracas com produtos regionais





Cortejo etnográfico





Animação de rua




Lagaradas





Finalmente uma vista sobre a aldeia de Celeirós do Douro



Mais informação aqui

publicado por brunomiguelqueiros às 19:27
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

OpenSuse 10.3 já está disponível

Saiu a nova versão do OpenSuse, 10.3.

Para quem não conhece o OpenSuse é das distribuições mais amigáveis que andam por aí, contando com uma excelente detecção de hardware, e traz quase todos os programas a funcionar out-of-the-box, conta ainda com uma boa e crescente comunidade de suporte portuguesa.

Fica aqui um screenshot




Mais screenshots aqui

Novidades:

Kernel
2.6.22.5

KDE
3.5.7 e o preview do KDE 4

Gnome
2.20

X.org 7.2

OpenOffice.org 2.3



Quem estiver interessado em mais informação pode consultar o link oficial:

Opensuse Página Oficial (Inglês)

Opensuse Página Oficial (Português)

Podem fazer o download do OpenSuse 10.3 daqui (tráfego nacional):

Download OpenSuse 10.3

Estão disponíveis as imagens de CD ou DVD.

Quem tiver dúvidas acerca desta distribuição pode colocá-las aqui.
música: Primitive Reason - Speaker Box
tags:

publicado por brunomiguelqueiros às 18:46
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Resposta a Maite Proenca

. We can a portuguesa!

. Alvo completo - Sabrosa

. Ora venha de lá esse voti...

. Slackware -Current e o no...

. Tornar Kde 4.X.X mais ráp...

. Frases

. Funcionamento do Google S...

. Momento Zen do dia

. Gnome 3

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.número visitas

.utilizadores ligados

Utilizadores ligados

.Geekness

71% Geek 71% Free Florida Personals

.GoogleTalk

.De onde eles são

IP Geotargeting